Porque escrevo


Não sei se é o que tu procuras
, mas escrevo porque infinitas almas encontram casa dentro de mim e aqui crescem cálidas, para pouco depois atravessarem o casulo e abrirem suas asas frágeis para voar em direção à liberdade

, mas escrevo porque cresci ouvindo histórias de brancos, de heróis poderosos, cresci não fazendo parte destas histórias, e, por fim, entendi que representatividade importa e que na minha voz reverberam inúmeras vozes de negros, gays, indígenas, mulheres e de outros zil personagens esquecidos às margens

, mas escrevo porque é no universo fractal das palavras que minha lógica se empodera e toma sentido pleno, torna-se universal, mas única, na criação deste universo único

(Mas é o que sou)

Posted in . Bookmark the permalink. RSS feed for this post.

2 Responses to Porque escrevo

  1. Muito bom, cara! Valeu ter matado a saudade e visitado teu blog! Texto muito bacana!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Search

Swedish Greys - a WordPress theme from Nordic Themepark. Converted by LiteThemes.com.